Autor: Lucas

Maconha faz mal: mito ou verdade

Se você perguntar para sua mãe ou avó o que elas pensam sobre o assunto, qual resposta apostaria A grande maioria diria ” Com certeza a maconha faz mal! “.

A planta, que tem o nome de Cannabis sativa, é hoje a droga ilícita mais popular em todo o mundo. E qualquer debate que envolva a legalização, liberação ou até fins terapêuticos, não se termina em consenso.

De acordo com o Instituto Nacional de Saúde Mental dos Estados Unidos , a fumaça da maconha contém cerca de 60 substâncias químicas chamadas canabinóides e, quando uma dessas substância chega ao cérebro, estimula a liberação extra de um neurotransmissor, causando uma sensação de prazer e bem-estar.

No Brasil a maconha é usada geralmente em forma de cigarro, mas também pode ser misturada em alimentos (como brownies), feito chá, ou inalada com um vaporizador.

Independente da forma, com o uso prolongado, o corpo tende a se adequar ao hábito. O cérebro adapta seu conjunto de transformações e reações químicas para absorver os efeitos da maconha. Criando então, uma tolerância ao tóxico, fazendo com que o usuário procure a mesma sensação das doses anteriores e não encontre, o que prova que a maconha é viciante.

Malefícios da maconha

Perda de memória, olhos vermelhos, tontura, fadiga, sonolência, boca seca, aumento do apetite, redução da libido, alterações de humor e coordenação motora retardada são alguns dos efeitos a curto prazo proporcionados pelo consumo da maconha. A longo prazo, afeta principalmente os pulmões e o coração.

Os problemas respiratórios aparecem, pois assim como o fumo do tabaco, a fumaça da maconha é uma mistura de substâncias tóxicas, que irrita a garganta e pulmões, provocam tosse e sintomas de bronquite.

As disfunções cardíacas surgem do aumento do volume de sangue bombeado pelo coração, que colaboram para a elevação da pressão arterial crescendo a chance de um ataque cardíaco em pessoas de idade avançada e com problemas de coração ou circulação sanguínea pré-existentes.

Na gravidez, fumar maconha, tem sido associado a danos de longa duração para a memória da criança, bem como o comportamento hiperativo. As toxinas da maconha são absorvidas no leite materno e podem ser transmitidas para o bebê em fase de crescimento.

Benefícios da maconha

Adverso a tantos problemas que a maconha provoca, e se contarmos que ela pode auxilia em alguns tratamentos médicos?

Existem pesquisas feitas em animais e homens que mostram que o uso de algumas substâncias existentes na cannabis sativa podem causar um efeito analgésico considerável em casos de doenças como esclerose múltipla, glaucoma e epilepsia aliviando sintomas de dor.

Em casos de desnutrição e perda de apetite, pode ser importante no tratamento em pacientes com AIDS ou câncer

O caminho legal para obter o medicamento hoje, no Brasil e para que a Anvisa autorize a importação, é através de um médico, que precisa apresentar um laudo e assinar um termo de responsabilidade indicando o uso do canabidiol (medicamento feito a partir da planta da maconha ).

Porém, vale lembrar que tudo depende do ponto de vista clínico, já que no Brasil, o uso da maconha é proibido.

Considerações finais sobre a maconha

A maconha é danosa à saúde, por este motivo, a utilização da mesma não é viável, até pelo fato de ser ilegal e viciante. A utilização da maconha torna-se plausível, em determinados tipos de tratamentos, como dissemos anteriormente.

Benefícios do pilates

O Pilates é um dos exercícios mais praticados hoje em dia. Essa popularidade se deve muito aos benefícios do pilates para a nossa saúde em geral.

Este poderoso exercício requer um esforço físico considerável, com isso, a pessoa acaba por ganhar resistência física inevitavelmente. Para quem gosta de definir ou ganhar músculos efetivamente, o Pilates é uma boa opção.

Além do aspecto físico, o exercício também trabalha com a mente. Não é novidade alguma que os exercícios físicos propiciam um bem-estar mental considerável, e com o Pilates não seria diferente.

Esta modalidade de atividade física  propicia uma série de benefícios para  a nossa saúde, a seguir iremos justamente mostrar quais são esses benefícios do Pilates.

Coordenação motora: O  Pilates auxilia na coordenação motora de seus adeptos. Como os movimentos devem ser feitos disciplinarmente, o exercício acaba por propiciar essa evolução individual nesse aspecto.

Evita o estresse e a ansiedade: O Pilates requer disciplina para ser realizado, e nas sessões de tal prática, é necessário haver um controle sobre a respiração e movimentação. Com isso a pessoa pode desenvolver um autocontrole em sua vida pessoal, com base na disciplina exigida na prática do Pilates

Além disso, o Pilates pode propiciar ainda um alívio considerável em indivíduos altamente estressados ou ansiosos. Isso se deve à potencialização da respiração ocasionada pela prática do Pilates.

Este exercício melhora a função respiratória do indivíduo. A ansiedade e o estresse bloqueiam o músculo do diafragma, ocasionando assim uma respiração anormal. Esta atividade física remove justamente este tipo de bloqueio respiratório, que pode causar os sintomas descritos.

Alivia dores: Esse século atual é uma fábrica de dores e desconfortos musculares. Uma solução para essas dores é o Pilates. Este exercício promove a correção da postura da coluna, além de fortalecer a musculatura local.

Potencializa a corrida: Dentre todos os benefícios do Pilates, creio que este é um dos mais interessantes.

Como vimos anteriormente, o nosso amigo Pilates propicia um autocontrole na respiração. E um dos requisitos básicos para atletas que correm é manter uma respiração constante e ideal. Dessa forma, a pessoa consegue realizar a atividade de uma maneira eficaz e por mais tempo.

Além disso, o Pilates também promove o fortalecimento muscular, evitando aquelas temidas dores no ato da corrida. A boa postura também faz com que o atleta corra corretamente, sem danificar a sua coluna.

Evita complicações ósseas: As doenças ósseas podem invalidar uma pessoa pelo resto da vida. Eis que surge o Pilates, uma prática saudável que previne complicações desse tipo.

Recapitulando, o Pilates aumenta a resistência muscular e inclusive óssea. Com isso, a tendência é que  os ossos se fortifiquem, e complicações do gênero são evitadas.

Como o Pilates proporciona uma melhora significativa na postura da coluna, este é mais um dos motivos pela qual esta técnica é efetiva contra complicações ósseas.

Além do Pilates, é necessário outros cuidados para evitarmos complicações neste campo semântico. Devemos tomar todos os dias, pelo menos 15 minutos de sol antes das 10 da manhã, ou depois das 16 horas.

Após a exposição solar, o nosso corpo ganha Vitamina D, um hormônio que em conjunto com o Cálcio, fortalece os ossos. Falando em Cálcio, devemos consumi-lo todos os dias; podemos encontrá-lo em leite e seus derivados, além de folhas escuras como a couve e o espinafre.

Carboxiterapia antes e depois

A Carboxiterapia é uma espécie de recurso médico que permite a regeneração de alguns tecidos da pele, e além disso, a Carboxiterapia também propicia um melhoramento significante na circulação sanguínea. A técnica consiste na aplicação de gás carbônico na pele, especificamente onde há algumas imperfeições indesejadas.

Um cirurgião plástico é o responsável por realizar a Carboxiterapia. É utilizada uma agulha para aplicar o gás na pele, e o local onde as agulhas são introduzidas, depende exclusivamente da finalidade do tratamento em questão. Digo isso pois, a Carboxiterapia é bastante requisitada para a eliminação de estrias, mas também de celulite.

Este tratamento é muito poderoso, o que ele faz é potencializar a circulação sanguínea. E isso faz com que complicações sérias sejam evitadas, como é o caso das estrias e da celulite como fora dito anteriormente. Além disso, a Carboxiterapia pode ser utilizada para conter outras complicações, como olheiras por exemplo.

Iremos logo mais mostrar algumas ilustrações do tratamento Carboxiterapia antes e depois. Veja algumas imagens do tratamento:

Observando as imagens acima, vimos que a Carboxiterapia pode propiciar benefícios bem notórios mesmo. Para que resultados semelhantes à esses apareçam, é necessário realizar uma quantidade de sessões consideráveis, a partir das 15 sessões já é possível ver  os resultados da Carboxiterapia

O que esperar da Carboxiterapia?

Essa é uma pergunta importante, o que pode-se esperar do tratamento Carboxiterapia? pois bem, como as  imagens acima evidenciam, os resultado providos desta técnica são bem eficientes. Mas devemos observar um pequeno detalhe, em alguns casos os resultados são mais visíveis, já em outros casos nem tanto.

Essa variação é normal, tudo depende do quão evoluída está as estrias ou celulite. Portanto, o que devemos salientar  é que a Carboxiterapia não faz milagres. É possível termos resultados fantásticos, porém complicações como estrias e celulite não somem completamente.

Ter hábitos saudáveis como praticar exercícios físicos, e se alimentar saudavelmente, são hábitos essenciais para conter ou até mesmo eliminar essas complicações de uma vez por todas. Não é possível contar apenas com tratamentos como Carboxiterapia, visto que os mesmos não eliminam os problemas por completo.